Obra de R$ 14 milhões na Sul-Fronteira irá viabilizar acesso por cinco municípios

Trecho passou por construção do muro de gabião, canalização e instalação dos tubos

Obra de R$ 14,7 milhões para contenção de erosão na rodovia Sul-Fronteira (MS-165), vai viabilizar acesso às cidades de Coronel Sapucaia e Paranhos, passando por cinco municípios de Mato Grosso do Sul. Com início em meados de 2022, os serviços chegaram a 70% de conclusão neste mês de julho.

O trecho passou por construção do muro de gabião, a canalização do curso da água e a instalação dos tubos que ficam embaixo do aterro.

A Sul-fronteira é uma das rodovias mais estratégicas para o desenvolvimento do Estado, e vai percorrer Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Japorã, margeando o Paraguai.

No caminho entre Coronel Sapucaia e Paranhos, onde é feita a obra de contenção de erosão, também está sendo feita a obra de implantação e pavimentação de 33 quilômetros da rodovia. Por lá, boa parte do percurso já tem capa asfáltica.

Em outros pontos, os trabalhos seguem com terraplanagem. Com 50% de execução, essa etapa da obra recebe R$ 77,2 milhões de investimento – recursos do Estado e da União, empenhados por meio da bancada federal de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
13°C
88% 75% 5m/s 150deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS