Ancelotti liga para o presidente da CBF e deixa clara prioridade no Real Madrid: ‘tanto no presente como no futuro’

As negociações entre o treinador Carlo Ancelotti e a CBF ganharam mais um capítulo nesta semana, muito por conta da postura do presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, que fala abertamente sobre as negociações — dadas como finalizadas, com acordo entre as partes. Segundo o jornal espanhol Marca, foi pedido ao brasileiro para “baixar o tom das declarações e o tom de pressão em relação à figura de Ancelotti”.

O aviso teria partido durante uma conversa entre Ednaldo e José Ángel Sánchez, dirigente madrilenho. O próprio Carlo Ancelotti, porém, também ligou para o chefe da CBF para reafirmar seu “compromisso com o Real”, ainda segundo o Marca. O treinador entrou em contato com objetivo de “deixar claro que a sua prioridade absoluta é o Real Madrid, tanto no presente como no futuro”.

Ancelotti tem contrato com o Real até junho de 2023, quando termina a temporada europeia, que se inicia neste mês de agosto. A CBF já teria um acordo com o treinador para assinatura de um contrato a partir desta data, com intuito de fazer o anúncio oficial a partir de janeiro, quando Ancelotti já pode assinar um pré-contrato com outro clube — a entidade gostaria de adiantar.

Jornal espanhol Marca aponta que Ancelotti segue com ‘prioridade absoluta no Real Madrid’ — Foto: Reprodução

O time espanhol se reapresentou para iniciar a pré-temporada nesta semana, já visando aos confrontos amistosos contra Milan, Manchester United e Barcelona, nos dias 23, 26 e 29 deste mês. A estreia em uma competição oficial ocorre no dia 12 de agosto, quando o Real recebe o Athletic Bilbao.

O Real Madrid terá mais uma temporada sob o comando de Carlo Ancelotti, mas após o anúncio de que o técnico italiano vai assumir a seleção brasileira a partir de 2024, as especulações já começaram sobre o futuro comandante do time merengue.

Ancelotti deve estrear pelo Brasil na Copa América do próximo ano (20 de junho a 14 de julho), nos Estados Unidos, assim que seu contrato com o clube espanhol terminar, disse à AFP uma fonte do alto escalão da CBF, que pediu anonimato.

Enquanto isso, Fernando Diniz será o técnico interino na Seleção, paralelamente ao seu trabalho no Fluminense.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
17°C
67% 75% 5m/s 160deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS