Aos 11 anos, atleta da Capital vai disputar campeonato brasileiro de Kung Fu

A pequena Ana Beatriz Giroletta, de apenas 11 anos, que foi campeã brasileira de Kung Fu no ano passado, vai disputar o Campeonato Brasileiro deste ano que acontecerá do dia 06 a 10 de setembro, em Bombinhas, no estado de Santa Catarina.

A atleta vai disputar o campeonato usando o benefício concedido por meio do FAE (Fundo Municipal de Esporte e Lazer), da Funesp, pela Lei nº 6.754, que disponibiliza ajuda de custo ao atleta de até 5 mil reais, para despesas com estadia, alimentação, inscrição e passagens.

Vai ser o terceiro campeonato brasileiro que a Ana Beatriz participa, sendo o segundo com o Auxílio Atleta. No ano passado, a adolescente conquistou o Brasileiro de Shaolin do Norte, na forma Taolu tradicional.

A atleta sabe o quanto este recurso pode influenciar sobre sua carreira nas artes marciais e fala o que pode proporcionar. “Tenho que agradecer de estar recebendo esse auxílio, porque ele vai me ajudar muito para ir para o campeonato. Sem ele seria difícil sair para outro lugar para competir. Espero que todos torçam por mim”, disse.

Praticante há 12 anos da modalidade, Cezar Luiz Giroletta, pai e professor de Kung Fu de Ana Beatriz, fala de sua expectativa. “A nossa esperança agora é conquistar esse campeonato para que ela seja chamada para a Seleção Brasileira. Esperamos que ela represente bem nosso Estado”.

Para o diretor-presidente da Fundação, Odair Serrano, o auxílio fomenta os atletas da Capital. “O Auxílio está elevando o nível dos nossos atletas. A Beatriz já é um fenômeno, está se destacando bem. Vimos que o benefício está trazendo grandes resultados para nossa Capital. Temos já grandes títulos advindo do benefício. Isso mostra realmente que ele promove e dá resultados”.

Os treinos são bem puxados. Ela treina com dois professores, o pai e mais outro mestre, com carga horária de oito horas por dia, todos os dias.

A atleta já disputou e ganhou dois campeonatos brasileiros, um em Chapadão do Sul (MS) e outro em Araçatuba (SP). No ano passado, em Brasília, a sul-mato-grossense disputou o 31º Campeonato Brasileiro e ficou em segundo lugar.

Auxílio Atleta

Para receber o recurso, o atleta deve ser brasileiro nato ou naturalizado, possuir idade mínima de oito anos, residir no município há mais de um ano e estar em plena atividade esportiva para participar de competições.

O requerimento de concessão deverá ser apresentado à Funesp com até 60 dias de antecedência da competição. Devem ser anexados documentos que comprovam a condição de atleta, calendário do evento, relação dos gastos e comprovante de matrícula em instituição de ensino (para atletas menores de 18 anos).

O valor máximo de custeio de despesa por atleta é de 5 mil reais. Para saber a lista completa de documentos é necessário acessar o link.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
11°C
82% 100% 4m/s 140deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS