Botafogo vence Grêmio no Sul e amplia vantagem na liderança do Brasileiro

O Botafogo levou a melhor no duelo direto contra o Grêmio e ampliou a vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (9/7), o clube carioca conseguiu frear o ímpeto gaúcho, contou com atuação inspirada de Lucas Perri e deu o bote: 2 a 0 na Arena do Grêmio, pela 14ª rodada.

O Fogão conseguiu suportar os momentos em que foi pressionado e viu Perri aparecer bem em algumas oportunidades. Além do goleiro, Eduardo, que abriu o placar, também brilhou. Carlos Alberto, que entrou no fim, fechou o placar.

Com a vitória, o líder Botafogo pulou para 36 pontos. Agora, tem dez pontos de vantagem sobre o Flamengo, segundo colocado, e para o próprio Grêmio, que está em terceiro por ter saldo de gols inferior ao do Rubro-Negro.

O Botafogo, agora, tem mata-mata da Copa Sul-Americana pela frente. Nesta quarta-feira, o Fogão visita o Patronato, da Argentina, às 19h (horário de Brasília), pelo jogo de ida do playoff para as oitavas de final. Já o próximo compromisso do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro é contra o Bragantino, sábado, às 21h (horário de Brasília), no Nilton Santos.

O Grêmio, por sua vez, tem decisão pela Copa do Brasil na semana. Na quarta-feira, recebe o Bahia, às 19h (de Brasília). O jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil foi 1 a 1.

O jogo

O primeiro lance de perigo foi do Grêmio. Após cruzamento da direita, Reinaldo emendou de primeira, aos três minutos, para fora. Aos sete, Bitello não conseguiu completar cruzamento de Reinaldo. O Botafogo conseguiu segurar a pressão, mas não demorou a levar outro susto. Aos 20, Suárez recebeu cruzamento da esquerda e, livre, emendou para fora.

O Botafogo encontrava dificuldade para criar. A alternativa foi tentar de fora da área. Aos 22, Di Placido arriscou da intermediária e levou perigo. A bola foi à direita de Gabriel Grando. O Fogão chegou a balançar a rede do Grêmio. Aos 24, Eduardo bateu falta para a área. Cuesta ganhou pelo alto e achou Tiquinho Soares. Ele fez 1 a 0. Contudo, Cuesta estava impedido na jogada. O VAR entrou em ação e anulou o gol carioca.

O Grêmio voltou a levar perigo aos 36 minutos. Villasanti driblou, invadiu a área e bateu cruzado, para fora. Aos 39, Lucas Perri foi providencial para o Botafogo. Ele cortou cruzamento que encontraria Bitello pronto para marcar. Na sequência, aos 42, Suárez desperdiçou mais uma chance. O Fogão segurou a nova onda de pressão gaúcha e levou o 0 a 0 para o intervalo.

O Fogão voltou para o segundo tempo com duas alterações. O técnico Cláudio Caçapa colocou Marçal e Matías Segovia. Saíram Hugo e Júnior Santos. O Grêmio quase abriu o placar aos quatro minutos. Suárez lançou Cristaldo. Perri, então, saiu e abafou o lance. O rebote ficou com o centroavante uruguaio. Suárez tentou por cobertura e acertou a trave.

Aos 10, Cristaldo recebeu de Bitello na área, mas errou o alvo e bateu para fora. O Fogão respondeu um minuto depois. Tchê Tchê ficou com a sobra, invadiu a área e ficou cara a cara com Gabriel Grando. O goleiro do Grêmio fez grande defesa e salvou o time gaúcho.

Aos 16, Perri fez duas grandes defesas. Na primeira, ele espalmou finalização de Suárez. O rebote ficou para Reinaldo, que chutou cruzado. O goleiro do Botafogo brilhou e fez intervenção complicada. Suárez tentou fazer outro golaço, aos 28. Ele se aproveitou de saída errada do Fogão e emendou do meio da rua, buscando surpreender Perri, que estava adiantado. Contudo, o goleiro conseguiu se recuperar e fez a defesa em dois tempos.

O Fogão, então, deu o bote e fez 1 a 0 no minuto seguinte. Bruno Alves se enrolou na defesa e com a marcação de Segovia. Di Placido ficou com a bola e cruzou para Eduardo. Ele emendou de primeira e marcou.

O Grêmio sentiu o golpe. O Botafogo, então, tratou de controlar o jogo e conseguiu ampliar. Aos 42 minutos, Carlos Alberto, que entrou no lugar de Tiquinho Soares, completou cruzamento da direita e fez 2 a 0. O Fogão aumentou a vantagem na liderança do Brasileirão.

Grêmio 0 x 2 Botafogo

Grêmio: Gabriel Grando; Bruno Uvini, Bruno Alves e Kannemann (Vina); João Pedro, Villasanti, Carballo (Cuiabano), Bitello (Nathan), Cristaldo (Ferreira) e Reinaldo; Suárez (André). Técnico: Renato Gaúcho.

Botafogo: Lucas Perri; Di Placido, Adryelson, Víctor Cuesta e Hugo (Marçal); Marlon Freitas, Tchê Tchê (Breno) e Eduardo (Danilo Barbosa); Júnior Santos (Matías Segovia), Luis Henrique e Tiquinho Soares (Carlos Alberto).Técnico: Cláudio Caçapa.

Gols: Eduardo, aos 29′ do 2ºT, e Carlos Alberto, aos 42′ do 2ºT

Cartões amarelos: Reinaldo e Cuiabano (Grêmio); Hugo, Tiquinho Soares, Philipe Sampaio, Tchê Tchê e Marçal (Botafogo)

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data: 09/07/2023, domingo
Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa-SP)

Fonte: No Ataque

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
23°C
100% 75% 3m/s 20deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS