CICOE define próximo passos do Governo do Estado nas ações de prevenção e combate a incêndios florestais em MS

O secretário Jaime Verruck participou na manhã desta quarta-feira (12), da 10ª Reunião do Cicoe (Centro Integrado de Controle Estadual) realizada na sala de reuniões do Centro Integrado de Comando e Controle da Polícia Militar, em Campo Grande. Na reunião, o titular da Semadesc reforçou a importância da publicação do Imasul sobre a proibição da queima controlada em Mato Grosso do Sul e do andamento das ações do Governo do Estado para prevenir e combater os incêndios florestais no Estado.

“O Corpo de Bombeiros já está na fase de resposta aos incêndios, mantendo as ações de prevenção em locais onde ainda não haja necessidade de atuação no combate ao fogo. Agora, junto com a Defesa Civil, demos início ao processo para decretação de emergência nos principais municípios atingidos. Seguimos executando o cronograma e planejamento realizado por nossas forças de segurança”, acrescentou Jaime Verruck.

De acordo com dados do CEMADEN, constantes no boletim apresentado por Valesca Fernandes, meteorologista do Cemtec-MS, as condições climáticas no Estado continuam apontando que, no trimestre de Junho-Julho-Agosto, a maior parte do território sul-mato-grossense encontra-se entre o nível de alerta de “Atenção” e “Alerta” para incêndios florestais. Nos municípios das regiões central, leste, norte e nordeste do Estado o nível é de “Alerta alto”. Segundo o CEMADEN, neste ano de 2024 há uma intensificação nos níveis de alerta da previsão de probabilidade de fogo, se comparado com o mesmo período de 2023.

Marcelo Armôa, Semadesc
Fotos: Mairinco de Pauda, Semadesc

Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
17°C
67% 75% 4m/s 180deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS