Copa do Mundo: Pia afirma que precisa deixar o time "mais alegre" para próximo jogo

O Brasil ainda não conseguiu garantir lugar nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2023. Após perder por 2 x 1 para a França, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino irá definir o futuro na competição contra a Jamaica, na próxima quarta-feira (2). Pia Sundhage, treinadora do Brasil, avalia estratégias para o próximo jogo.

“Eu não fiz as jogadoras se sentirem conectadas. O primeiro tempo era o grande momento. No segundo tempo, nós tentamos. E estou feliz por termos uma segunda chance (de classificação) contra a Jamaica. Mas é algo que preciso entender, como eu poderia ter feito o time se sentir mais alegre. É algo que preciso entender e prepará-las melhor”, avaliou Pia Sundhage.

A técnica sabe que o time precisa ser mais parecido com o que venceu o Panamá na estreia. Misturando inglês e português, Pia resumiu o que precisa para a decisão da próxima rodada: “In the first half there was no alegria, no ousadia (no primeiro tempo, não houve alegria, nem ousadia)”.

A atacante Debinha, autora do gol brasileiro contra a França, também avalia que o primeiro tempo foi ruim. Ela espera, porém, um desempenho melhor contra a Jamaica. “Podemos ver a diferença do segundo tempo. Devemos começar assim desde o início. Elas tiveram a oportunidade que procuraram. Temos que prestar mais atenção”, ressaltou.

“Nosso objetivo sempre é a vitória. Contra a Jamaica, vai ser do mesmo jeito. Vamos desde o início para isso. Se jogarmos como foi este segundo tempo, tenho certeza de que vamos sair com vitória”, frisou a atacante.

Se a Jamaica vencer o Panamá, em jogo neste sábado, o Brasil precisa da vitória para assegurar a classificação. Caso a Jamaica não vença, um empate pode garantir as brasileiras na próxima fase.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
23°C
100% 75% 4m/s 20deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS