Corinthians vence América-MG nos penaltis e avança contra o São Paulo na semi da Copa do Brasil

O último semifinalista da Copa do Brasil foi definido no drama das cobranças de pênaltis. E o Corinthians levou a melhor sobre o América, por 3 a 1, neste sábado (15/7), na Neo Química Arena, em São Paulo, pelo jogo de volta das quartas de final. No tempo regulamentar, o time da casa ganhou por 3 a 2, gols de Renato Augusto, Yuri Alberto e Róger Guedes. Benítez e Mastriani anotaram os tentos do Coelho, que havia vencido na ida por 1 a 0, no Independência.

No tiro livre de 11 metros, brilhou a estrela do goleiro corintiano Cássio, que pegou os chutes de Paulinho Boia e Benítez. Ele ainda contou com a sorte ao ver o lateral-direito Marcinho isolar a redonda. O único a balançar a rede para o América na marca da cal foi o centroavante Mastriani. Por sua vez, o Timão converteu os pênaltis de Fábio Santos, Giuliano e Yuri Alberto.

Classificado, o Corinthians garantiu mais R$ 9 milhões de premiação pela presença na semifinal da Copa do Brasil, chegou a R$ 18,7 milhões no geral e vai encarar o rival São Paulo. Já o América encerra a participação no torneio em 2023 com R$ 12,8 milhões referentes aos triunfos em cima de Tocantinópolis, Santa Cruz, Nova Iguaçu-RJ e Internacional.

O Coelho agora foca no playoff da Copa Sul-Americana, no qual medirá forças com o Colo-Colo, do Chile. A bola rola às 19h de terça-feira (18/7), no Horto. Derrotado em Santiago por 2 a 1, o alviverde precisa ganhar por dois gols de diferença para seguir às oitavas de final. O América também busca a recuperação no Brasileiro, em que ocupa a lanterna, com nove pontos em 14 rodadas.

Primeiro tempo movimentado

O América entrou em campo com Pedrinho na ponta esquerda, o canhoto Marlon como lateral-direito e o argentino Emmanuel Martínez na armação. Já o Corinthians apostou no paraguaio Matías Rojas, recém-contratado ao Racing-ARG, e em Renato Augusto. As escolhas dos técnicos Vagner Mancini e Vanderlei Luxemburgo resultaram em um primeiro tempo eletrizante.

Quando as equipes ainda começavam a esquentar os ânimos, o lateral-esquerdo Danilo Avelar, do Coelho, sofreu uma lesão na parte posterior da coxa direita e pediu substituição. Ele se machucou no lance em que tentou interceptar uma finalização de fora da área de Róger Guedes, defendida no canto direito por Mateus Pasinato. Mancini colocou Nicolas no lugar do camisa 22.

Como precisava da vitória, o Corinthians tratou de manter a bola sob seu domínio, chegando a superar 70% de posse no começo. Todavia, o América não se limitou a jogar pelo empate e buscou os avanços em momentos oportunos. Sorte dos torcedores, que assistiram a um espetáculo movimentado e com dez finalizações para cada time (quatro no alvo) na etapa inicial.

Cássio apareceu bem ao defender uma cobrança de falta de Martínez, aos 7 minutos, e contou com intervenção providencial do zagueiro Murillo em duas ocasiões. Aos 31, ele se colocou em frente à finalização de Everaldo e cortou a bola para a linha de fundo. Aos 44, chegou de carrinho no momento em que Mastriani se preparava para chutar cara a cara com o goleiro corintiano.

Já o Corinthians levou perigo principalmente com Róger Guedes. Além do arremate no primeiro minuto, o atacante exigiu duas grandes defesas de Mateus Pasinato e cabeceou na trave em bela assistência de trivela de Matías Rojas. O paraguaio, aliás, destacou-se com lançamentos e enfiadas, sempre buscando Guedes e Yuri Alberto. Mas o América estava bem na retaguarda, sobretudo pelas interceptações dos zagueiros Éder e Iago Maidana, e segurou o 0 a 0 em 45 minutos.

Segundo tempo recheado de gols

Em mata-mata, qualquer descuido é fatal. O América, que foi impecável no primeiro tempo, falhou na segunda parte. Pasinato soltou uma bola relativamente fácil, e a defesa afastou para a lateral. Na cobrança, a bola sobrou para Fagner, que cruzou na segunda trave, na cabeça de Renato Augusto. O toque sutil venceu Pasinato e reviveu o Corinthians: 1 a 0.

Embalado por ter balançado a rede no primeiro minuto, o Corinthians foi com tudo para o ataque. Aos 4, Gabriel Moscardo resolveu soltar a bomba de fora da área e quase acertou a trave esquerda. Aos 6, Yuri Alberto recebeu sozinho na meia-lua, ajeitou para o pé esquerdo e finalizou com força. Mateus Pasinato fez milagre e mandou a bola para escanteio.

Vagner Mancini percebeu a postura demasiadamente recuada do América e chamou Benítez para qualificar o meio-campo. O camisa 10 entrou no lugar de Everaldo. No Corinthians, Luxemburgo se preocupou com os avanços de Pedrinho nas costas de Fagner e trocou o lateral-direito por Bruno Méndez. Ele também mexeu no meio-campo, com Ruan na função de Fausto Vera.

Uma das mudanças de Luxa surtiu efeito porque Ruan teve participação decisiva no segundo gol do Corinthians. Ele se infiltrou nas costas de Nicolas, recebeu de Róger Guedes e cruzou rasteiro para o meio da pequena área. De carrinho, Yuri Alberto colocou o Timão em vantagem e tomou cartão amarelo por tirar a camisa na celebração: 2 a 0.

Tudo parecia perdido para o América, até a competência do camisa 10 entrar em ação. Benítez começou a jogada no meio-campo, tabelou com Pedrinho e correu para a grande área. Ao dominar a bola lançada pelo compatriota Martínez, o meia girou o corpo e bateu com muita categoria no canto esquerdo superior de Cássio: 2 a 1.

A esperança era que o gol recolocasse o América na disputa, porém a defesa voltou a falhar, dessa vez em uma cobrança de escanteio. Rojas ergueu na segunda trave, Gil escorou de cabeça, e Róger Guedes mergulhou para marcar o terceiro aos 26 minutos: 3 a 1.

O Coelho não se entregou. Mancini fez mais três modificações – Breno, Marcinho e Paulinho Boia -, mas foi Benítez quem roubou a cena novamente. Em uma bela jogada individual, aos 38 minutos, o camisa 10 invadiu a grande área e tocou para Mastriani diminuir para 3 a 2, resultado que levou o duelo para os pênaltis.

Pênaltis

Nos pênaltis, Cássio cresceu para cima de Paulinho Boia e Benítez e fez duas defesas. Marcinho ainda chutou por cima, ao passo que apenas Mastriani acertou pelo América. Já o Corinthians converteu com Fábio Santos, Giuliano e Yuri Alberto. O único a errar foi Adson, que parou em Mateus Pasinato.

  • Gol do América! Mastriani cobra no meio do gol e abre o placar: 0-1
  • Gol do Corinthians! Fábio Santos chuta no canto esquerdo, Pasinato toca na bola, mas não consegue defender: 1-1
  • América perde! Marcinho chuta por cima do gol: 1-1
  • Gol do Corinthians! Giuliano bate com categoria no canto esquerdo: 2-1
  • América perde! Paulinho Boia arremata fraco, no meio do gol, e Cássio segura firme: 2-1
  • Corinthians perde! Pasinato salta no canto esquerdo e defende chute de Adson: 2-1
  • América perde! Benítez chuta forte, mas no meio do gol, e Cássio levanta o pé esquerdo: 2-1
  • Gol do Corinthians! Yuri Alberto marca e garante classificação do Timão: 3-1

CORINTHIANS 3X2 AMÉRICA (3X1 NOS PÊNALTIS)

Corinthians
Cássio; Fagner (Bruno Méndez, aos 10 do 2T), Gil, Murillo e Fábio Santos; Fausto Vera (Ruan, aos 10 do 2T), Gabriel Moscardo (Matheus Araújo, aos 42 do 2T), Renato Augusto (Giuliano, aos 39 do 2T) e Matías Rojas (Adson, aos 39 do 2T); Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

América
Mateus Pasinato; Marlon (Breno, aos 30 do 2T), Iago Maidana, Éder e Danilo Avelar (Nicolas, aos 3 do 1T); Lucas Kal (Paulinho Boia, aos 30 do 2T), Juninho (Marcinho, aos 30 do 2T) e Martinez; Pedrinho, Everaldo (Benítez, aos 7 do 2T) e Mastriani. Técnico: Vagner Mancini

  • Gols: Renato Augusto, a 1, Yuri Alberto, aos 19, Róger Guedes, aos 26 do 2T (Corinthians); Benítez, aos 23, Mastriani, aos 38 do 2T (América)
  • Cartões amarelos: Fagner, aos 41 do 1T; Yuri Alberto, aos 20, Róger Guedes, aos 28 do 2T (Corinthians); Benítez, aos 28 do 2T (América)
  • Motivo: jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil
  • Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo
  • Data: sábado, 15 de julho de 2023
  • Horário: 16h30
  • Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
  • Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
  • VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)
  • Público: 45.004 (44.655 pagantes)
  • Renda: R$ 2.613.722,98

Fonte: No Ataque

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
24°C
73% 0% 2m/s 120deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS