Coxim quer expandir a piscicultura com a instalação de uma fábrica de ração

O prefeito de Coxim, Edilson Magro, acompanhado de vereadores e técnicos municipais, esteve reunido nesta segunda-feira (05) com o governador Eduardo Riedel para discutir a viabilidade da instalação de uma fábrica de ração no município. A intenção é atender a grande demanda da piscicultura e oferecer produtividade ao setor que vem crescendo.

“Discutimos a questão do desenvolvimento da cidade de Coxim. Nós queremos incrementar a piscicultura em nossa cidade e para isso precisamos de uma fábrica de ração. Precisamos dos incentivos do Governo do Estado, que se colocou à disposição, assim como a prefeitura municipal também pretende oferecer à iniciativa privada interessada em se instalar em nossa cidade”, declarou o prefeito Edilson.

Presente na reunião, junto com os secretários de Estado, Pedro Caravina (Governo e Gestão Estratégica) e Eduardo Rocha (Casa Civil), o deputado estadual Zeca do PT também encampa a iniciativa.

“A cidade de Coxim tem um enorme potencial na piscicultura e aquicultura. O polo acadêmico de Coxim tem um conhecimento aprofundado sobre a produção de peixes em tanques, com custo muito mais barato, porém o custo de produção esbarra na ração. Portanto, para acelerar um processo de crescimento de um setor estratégico na produção de alimentos e pescado é preciso a implantação de uma fábrica de ração em Mato Grosso do Sul e já existem grupos empresariais interessados”, destacou o parlamentar.

O Mato Grosso do Sul é o segundo maior do País na exportação de pescado, em especial, tilápias. A receita das exportações brasileiras de peixes aumentou 15% no ano passado e chegou a US$ 23,8 milhões, um recorde, estima a Embrapa Pesca e Aquicultura, que fez o levantamento em parceria com a Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR).

Alexandre Gonzaga, Comunicação do Governo de MS
Foto: Bruno Rezende

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
25°C
78% 0% 3m/s 350deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS