Cratera em frente ao Lago do Amor tem apenas 27% da obra concluída

Previsão é de que reparo seja finalizado até dia 31 de julho

Reconstrução da calçada e ciclovia, na Avenida Filinto Muller (Foto: Alex Machado)

Após quase 49 dias, a cratera em frente ao Lago do Amor tem apenas 27% da obra concluída. A passarela e parte da ciclovia, localizada na Avenida Filinto Muller desabaram junto com o muro de contenção, em frente ao Lago por causa da chuva, no dia 4 de janeiro. A obra teve início dois meses após a abertura do buraco e custará R$ 3 milhões.

O reparo tem três etapas e a equipe 120 dias para finalizar o reparo, cuja ordem de serviço foi dada no dia 31 de março.

Engenheiro e funcionários da equipe responsável pela obra na Avenida Filinto Muller, durante remoção de árvores (Foto: Marcos Maluf)

De acordo com a Prefeitura, a execução está seguindo o cronograma normal. “Nesta terça-feira (20) foi feita a concretagem de uma parte do aterro. Já foi executada a demolição, limpeza de detritos, remoção de camada vegetal, 40% do aterro e concretagem”.

As próximas etapas serão a conclusão do aterro, alas de concreto, vertedouros, drenagem, pavimentação, calçada, ciclovia e o guarda-corpo.  A prefeitura também informou que até o momento não houve houve alteração de cronograma por aditivos.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
30°C
30% 0% 6m/s 360deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS