Empresa quer patentear a primeira “super-maconha” medicinal do Brasil

Adwa Cannabis é a única empresa nacional autorizada a cultivar comercialmente a planta

A Adwa Cannabis, a única empresa nacional autorizada a cultivar comercialmente a maconha no Brasil, se prepara para fazer o registro das primeiras sementes ultra-resistentes de maconha junto ao Ministério da Agricultura.

Segundo Rodrigo Mesquita, diretor jurídico da Adwa empresa já tem um acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para compartilhar informações para subsidiar futuras pesquisas públicas sobre o tema.

No total, serão pelo menos duas patentes, uma para a cannabis, junto como Departamento de Agronomia da Universidade Federal de Viçosa, e outra para o cânhamo industrial, no Departamento de Engenharia.

Atualmente, o cultivo é permitido pela Lei das Drogas em certos casos, porém, ainda não foi regulamentado pela União, já a comercialização de produtos medicinais é permitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
30°C
54% 20% 4m/s 340deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS