Enfrentamento à violência contra a pessoa idosa é tema de oficina voltada à profissionais da rede municipal de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio do Núcleo de Prevenção de Violências e Acidentes (NPV), em parceria com a Coordenadoria da Rede de Atenção Básica (CRAB), realizou nesta terça-feira (04) uma oficina de capacitação, tendo como objetivo o enfrentamento à violência contra a pessoa idosa. O evento contou com a participação de profissionais de saúde e representantes das instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) de Campo Grande.

A violência contra a pessoa idosa é uma realidade preocupante e, infelizmente, ocorre em diferentes formas, como negligência, abandono, violência física, sexual, psicológica, emocional e violência financeira. Por isso, a Sesau em consonância com o mês de junho violeta, dedicado ao enfrentamento dessa violência, promoveu essa capacitação como parte de suas ações para conscientizar a sociedade sobre a relevância de combater todas as formas de violência cometida contra a população idosa.

O secretário municipal de Saúde, Sandro Benites, ressaltou a importância do evento e a necessidade de discutir e combater a violência contra a pessoa idosa. “A discussão e implementação voltadas a garantir a proteção e o bem-estar dos idosos é de suma importância. A capacitação de hoje é um passo importante para fortalecer nossos esforços nesse sentido. Precisamos unir forças para combater a violência e assegurar que nossos idosos tenham uma vida digna e livre de abusos”, enfatizou o secretário.

Durante a oficina, os participantes tiveram a oportunidade de debater e trocar experiências sobre o tema, além de receberem orientações de profissionais especializados. Entre os palestrantes, estavam o Dr. Marcos Blini, médico geriatra da USP-São Paulo, que abordou a fragilidade na pessoa idosa e os sinais de violência; Artêmio Miguel Versoza, especialista em Gestão de Políticas Sociais, que discutiu o atendimento à pessoa idosa no Sistema Único de Assistência Social (SUAS); Maria Aparecida Nogueira Abdalla, graduada em Serviço Social, Direito, Pedagogia e Psicopedagogia, que falou sobre as atribuições do Conselho Municipal do Idoso; e Lucimara Faria, especialista em Gestão de Políticas Públicas, que trouxe a perspectiva do enfrentamento da violência contra a pessoa idosa na área da saúde.

A capacitação reforçou a importância da integração entre os profissionais de saúde e as instituições de longa permanência para idosos, visando garantir um atendimento adequado e prevenir casos de violência.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
17°C
67% 75% 5m/s 160deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS