Envenenamento ou afogamento: polícia investiga morte de trabalhador em Corumbá

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar as causas que levaram a morte do trabalhador Welton Júnior de Souza Bastos, de 26 anos, na madrugada desta quinta-feira (14) em uma siderúrgica, em Corumbá – a 426 quilômetros de Campo Grande.

Por enquanto, uma das linhas de investigação apontadas pela polícia é de que a vítima tenha aspirado gás venenoso, o que teria provocado a sua queda. Porém, o exame necroscópico deve apontar a causa da morte do trabalhador.

“O corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e a necropsia irá apontar se de fato foi envenenamento ou afogamento a causa da morte”, informou o delegado Fillipe Araújo Izidio Pereira ao site Diário Corumbaense.

A assessoria de imprensa da Vetorial informou ao Diário Corumbaense que o corpo foi encontrado por colaboradores durante a troca de turno.

Welton era operador de utilidades, “tinha experiência em sua área de atuação” e trabalhava na Vetorial desde 2019. 

“A Vetorial lamenta profundamente o ocorrido, solidarizando-se com os familiares da vítima, aos quais está prestando todo o apoio, e desde já, por meio de suas equipes de segurança, está contribuindo com as autoridades responsáveis pela apuração do caso”, encerra a nota. 



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
23°C
100% 75% 4m/s 20deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS