Estudante de medicina foge para o Paraguai após matar ex-namorada em Nioaque

O estudante de medicina, Diego de Souza Mendonça, de 26 anos, fugiu para o Paraguai durante esse final de semana após assassinar a tiros sua ex-namorada Mayara Almodin Aran Florenciano, de 29 anos, na madrugada deste domingo (11), em Nioaque – a 183 quilômetros de Campo Grande.

O crime de feminicídio aconteceu na rua Retirada da Laguna, no bairro São Miguel. As primeiras informações apontam que o suspeito fugiu para Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça com Ponta Porã, no qual ele cursa a graduação.

Ele fugiu levando a arma do crime. Ainda segundo as informações, Mayara e Diego possuíam um filho proveniente do relacionamento entre eles.

Conforme informações divulgadas pela Polícia Civil, a vítima estava curtindo a festa de carnaval na cidade e aproveitou para pegar uma carona com um casal de amigos, com intuito de retornar para sua residência.

Assim que os amigos estacionaram o carro, outro veículo encostou logo atrás e nele estava o ex-namorado de Mayara. O suspeito foi em direção à vítima, que ainda estava no banco de trás do automóvel, abriu a porta e efetuou diversos disparos contra a jovem, fugindo na sequência.

A vítima chegou a ser socorrida para o hospital da cidade, mas não resistiu e faleceu. Segundo informado pela polícia, Diego já tinha realizado ameaças contra a mesma em outras oportunidades.



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
35°C
38% 40% 4m/s 320deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS