Governo investe R$ 5,8 milhões e substitui armas de todos os policiais civis da ativa

O Governo do Estado está substituindo o armamento dos policiais civis de Mato Grosso do Sul. Ao todo são 2.500 pistolas Glock, 9mm de última geração, que foram adquiridas pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). O investimento total para substituir 100% das armas utilizadas pela Polícia Civil é de R$ 5,8 milhões.

Além de receber armas novas, os policiais estão passando por uma reciclagem em cursos de armamento e tiros, ministrados em Campo Grande por instrutores, delegados e investigadores da Polícia Civil que foram treinados pela própria Glock, visando repassar ao efetivo todo o conhecimento necessário para a utilização das pistolas que estão recebendo.

Conforme o delegado Rodrigo Yassaka, instrutor-chefe da Acadepol, esse nivelamento de conhecimento é necessário para que todos os agentes possam utilizar as novas armas com segurança, de maneira correta e consciente. “É um treinamento que eleva ainda mais o padrão dos policiais e o serviço prestado à população”, assegura.

Segundo o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, a aquisição do armamento levou em consideração o tipo de atividade desenvolvida por cada policial. “Nós adquirimos armas grandes [Glock G-17], médias [G-17] e pequenas [G-26] que são armas de dimensão e peso menores, com melhor ergonomia e maior portabilidade, para uso exclusivo das policiais femininas”, explica.

Para o Delegado-Geral da Polícia Civil, Roberto Gurgel Filho, além de oferecer melhores condições de trabalho aos policiais, o novo armamento garante mais segurança para a população. “O Governo do Estado e a Sejusp estão dando toda a estrutura para garantir o fortalecimento da Polícia Civil, dos nossos policiais e, a melhoria do trabalho prestado à população”, diz.

Das 2.500 pistolas adquiridas pelo Governo do Estado via Sejusp, mais de 1.700 foram entregues aos policiais civis de Campo Grande e do Interior do estado, que passaram pelo treinamento necessário para operação e porte do armamento. Ao final do mês de setembro, todos os policiais civis estarão portando armas novas.

Nivelamento de instrutores

Os 27 instrutores que ministram os cursos de armamento e tiro para os policiais civis, também passaram por reciclagem e nivelamento de conhecimento, no início do mês de junho, em Campo Grande. O curso de armeiro foi ministrado pelo capitão do Team Glock e instrutor chefe da equipe Glock do Brasil, Mauro Thompson.Participaram do treinamento os instrutores, auxiliares do Curso de Formação Policial Civil e um representante de cada sede de regional, nas disciplinas de armamento e tiro, sobreviência policial, técnica, procedimento e prática operacional, atendimento pré-hospitalar.



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
9°C
93% 75% 6m/s 130deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS