'Guardinhas das motos' surram a ameaçam morador de morte na Vila Glória

Um garçom denunciou repetidas ameaças de guardas de rua – aquelas das motinhas com apito – na região da Vila Glória, próximo do Centro de Campo Grande. A situação piorou na noite de ontem (1º), quando ele acabou surrado por um dos supostos guardas. O caso acabou na Polícia Civil.

Conforme a vítima de 30 anos relatou na Delegacia de Polícia, as ameaças são constantes. Ele afirmou que trabalha em um bar noturno, e sempre chega na casa da namorada para dormir na madrugada. Ele garante que costuma ser seguido pelos ‘guardas’ de rua, trabalhadores privados, e não públicos.

Ele informou que os guardas afirmaram até que havia produtos de furto na casa, quando eles permitiram a entrada dos mesmos, que nada encontraram. Vale ressaltar que tal ato pode ser considerado invasão, já que não está na alçada legal dos profissionais.

Nesta madrugada, novamente retornando do trabalho, a vítima voltou a ser ameaçada e mais: foi surrado com socos e chutes na costela, só conseguindo se livrar ao tirar a faca de trabalho para os guardas.

Ele falou que iria denunciar na polícia, quando teria sido ameaçado: ‘eu te mato’.

O caso foi registrado como ameaça e perseguição na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro de Campo Grande, onde será investigado.



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
9°C
93% 75% 6m/s 140deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS