Guerra d'água reúne mais de 10 mil foliões em Ponta Porã (vídeo)

A guerra d’água realizada durante o Carnaval em Ponta Porã reúne mais de 10 mil foliões, durante os blocos e marchinhas, na região da fronteira — a 334 quilômetros de Campo Grande.

A brincadeira regulamentada começou como forma de curar a ressaca  dos excessos carnavalescos.

A guerra d’água é restrita ao centro da cidade e acontece apenas no domingo e na terça-feira de Carnaval.

Com destaque para a Avenida Brasil, a tradição reúne mais de 10 mil foliões nas ruas de Ponta Porã, onde os grupos se organizam para a batalha aquática. A Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana garantem a segurança dos participantes fiscalizando a brincadeira nos dias designados para a “guerra”.

Os grupos se preparam dias antes do Carnaval, enfeitando caminhões, criando slogans e adquirindo balões d’água em grande quantidade para formar os pelotões.

Neste domingo (11), os grupos encheram a Avenida Brasil. Alguns mantêm posições fixas enquanto outros preferem se movimentar pela área demarcada.

Equipamentos como capacetes com viseiras, luvas e casacos são utilizados para proteger os participantes dos impactos dos balões lançados pelos “pelotões de fuzilamento”. A batalha tem início quando os grupos móveis passam em veículos arremessando água contra os grupos fixos em determinados pontos da Avenida Brasil delimitados pela lei municipal.

 



Fonte

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
35°C
38% 40% 4m/s 320deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS