Hamilton cita Senna após ser punido por toque em Pérez na Bélgica

O piloto inglês Lewis Hamilton fez referência a uma frase de Ayrton Senna ao explicar o choque com o mexicano Sergio Pérez na corrida sprint do GP da Bélgica neste sábado. Ele classificou o episódio como “incidente de corrida” ao conversar com repórteres após ser punido com a perda de 5 segundos e, com isso, cair da 4ª para a 7ª posição na classificação. Max Verstappen venceu a prova.

— Como o Ayrton disse, se você não for mais para uma brecha que existe, você não é mais um piloto de corrida — disse Hamilton.

Lewis Hamilton antes do sprint do GP da Bélgica — Foto: Reuters

— Foi isso que eu fiz. E quando eu assisti de novo, pareceu um incidente de corrida para mim — complementou o heptacampeão mundial.

O toque dos dois carros aconteceu quando Hamilton partiu para cima de Pérez na sétima volta. Pérez teve a lateral do carro atingida, o que o prejudicou no restante da prova e o fez abandonar a corrida. Os comissários da prova consideraram que Hamilton havia causado uma colisão e o puniram.

O piloto inglês disse que as condições estava difíceis, com a chuva atrapalhando, e alegou não ter sido intencional no contato.

Hamilton disse que as condições estavam complicadas, com a chuva atrasando o processo, e que o contato não foi intencional.

— Ele foi lento e eu subi por dentro e fiquei a mais de meio carro ao lado — acrescentou o inglês.

— Eu acho que não devemos ser dissuadidos de correr. Claro que teria sido bom terminar em quarto, mas não me importo muito em terminar em quarto, quero ganhar! Então é quarto, sétimo, realmente não faz diferença.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
30°C
54% 20% 4m/s 340deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS