Influencer Monark diz à PF que não incentivou atos golpistas, e mantém ataques ao TSE

Ouvido por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, o influenciador é acusado de disseminar informações falsas sobre o STF e as eleições. Depoimento foi tomado nesta quinta (29).

O influenciador Monark negou à Polícia Federal ter estimulado os atos golpistas de 8 de janeiro, quando vândalos invadiram e depredaram as sedes dos Três Poderes. Ele também seguiu com ataques ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Monark foi ouvido pela PF nesta quinta-feira (29). A corporação tomou o depoimento por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em desdobramento do inquérito que investiga os atos de 8 de janeiro.

O ministro proibiu Monark de disseminar notícias falsas a respeito da atuação do Supremo e do TSE. A pena para o descumprimento é multa de R$ 10 mil.

“QUE afirma ser falso o incentivo à invasão ao congresso e aos prédios públicos; QUE não estimulou a manifestação e afirma que suas falas no tweet sobre a manifestação foram apenas sentindo empatia pelos sentimentos de revolta que alguns manifestantes demonstravam; QUE, em momento algum, incentivou a manifestação e a depredação”, afirmou, segundo relato da PF.

Ao longo do depoimento, o influencer manteve as críticas ao TSE, mas não apresentou provas a respeito de supostas fraudes nas eleições.

“QUE, questionado se acredita que, em suas palavras, o TSE praticou ‘maracutaia’ para influenciar nos resultados das eleições, respondeu que acredita que, dado o contexto de como ocorreram as eleições, desconfia que não houve transparência; QUE não tem certeza de que houve fraude, mas como cidadão tem essa desconfiança.”

Outras polêmicas

Monark foi demitido do podcast “Flow” em fevereiro de 2022, depois de defender no programa a existência de um partido nazista, o que é proibido por lei.

Após as críticas, Monark pediu desculpas e disse que estava bêbado quando fez o comentário.

Ao prestar depoimento na Polícia Civil de São Paulo sobre o caso, ele mudou a versão da história, e disse ter “conhecimento superficial” sobre o nazismo.

  • Fonte: G1
VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
34°C
43% 40% 5m/s 330deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS