Marta diz que vai disputar sua última Copa do Mundo

Aos 37 anos, camisa 10 do Brasil jogará seu sexto Mundial na Austrália e não vai alcançar recorde de Formiga: “Uma hora a gente tem que priorizar outras coisas”

A torcida brasileira tem uma razão ainda mais especial para acompanhar cada passo da seleção feminina na Copa do Mundo. Após a goleada por 4 a 0 sobre o Chile, que marcou a despedida da equipe antes do embarque para a Austrália, a camisa 10 Marta confirmou que o Mundial 2023 será o último da sua carreira.

Questionada se poderia repetir a trajetória da ex-colega de seleção Formiga, que jogou sete Copas, a última delas aos 41 anos, em 2019, Marta garantiu que ficará nas seis edições.

“Sim, será minha última Copa do Mundo. Desculpa, Formiguinha, mas não dá mais, não. A gente tem que entender que chega uma hora que a gente tem que priorizar outras coisas”, declarou.

— Só tenho a agradecer por ter vivido esses anos todos na seleção, e ter a oportunidade de ir para mais uma Copa do Mundo, a sexta, para mim é algo surreal — afirmou Marta aos jornalistas no estádio Mané Garrincha.

Marta, de 37 anos, não quer que o jogo deste domingo tenha sido o último dela pela seleção em solo brasileiro. E revelou seu “plano”: ser campeã mundial na Austrália e festejar com a torcida.

— Não sei se pode ter sido meu último jogo (a goleada contra o Chile), porque a pretensão é ganhar essa Copa do Mundo, e aí muitas coisas legais vão acontecer — disse ela.

Marta e o restante da delegação brasileira embarcaram no fim da madrugada para a Austrália. A equipe treinará por duas semanas em Gold Coast, no litoral Oeste do país, e depois seguirá para Brisbane, onde será a base da seleção na primeira fase da Copa.

O Brasil vai estrear no Mundial no dia 24 de julho, contra o Panamá, em Adelaide. Depois, jogará contra a França, dia 29, em Brisbane, e contra a Jamaica, dia 2 de agosto, em Melbourne.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
14°C
82% 100% 5m/s 160deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS