Novo ciclone extratropical se forma na região Sul durante a semana

Na região Sul do Brasil, os meteorologistas alertam para a formação de um novo ciclone extratropical, acompanhado de uma frente fria, nesta semana. Mamedes Melo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), afirma que a formação do ciclone já é monitorada, porém, há divergência nos modelos quanto à localização exata.

“As áreas mais afetadas, realmente, serão grande parte do Rio Grande do Sul, especialmente centro e leste, mas diria que entre o sudeste de Santa Catarina e o leste do Rio Grande do Sul, indo até a altura de Porto Alegre, pegando toda aquela faixa indo em direção ao litoral, até mesmo algumas partes das áreas serranas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina”, pontua.  

Mamedes avalia que, no meio de semana, essa massa de ar mais fria poderá levar chuva para o Distrito Federal, São Paulo, grande parte de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Segundo o especialista, essa chuva ajudará a quebrar a massa de ar seco em boa parte do Centro-Sul. 

O meteorologista destaca que, na região Norte do país, há previsão de chuva no norte e noroeste do Amazonas, grande parte de Roraima e do Amapá e nordeste do Pará. O esperado é que não sejam chuvas volumosas. A temperatura segue elevada no Mato Grosso, Amazonas e Pará, onde os termômetros podem ultrapassar 36°C no início da semana.

“Estamos prevendo uma grande possibilidade de haver, entre os dias 12 e 13, um novo fenômeno de friagem, principalmente para o Mato Grosso, ali também em Rondônia e talvez o Acre e o sul do Amazonas”, expõe. O meteorologista pontua que esse fenômeno pode ocasionar chuvas localizadas, acompanhadas de rajadas de vento e trovoadas.

Para a região Nordeste, principalmente o Piauí, parte do Ceará, Maranhão e oeste da Bahia, a previsão para a semana é de temperaturas mais elevadas e baixa umidade relativa do ar. 

 

Fonte: Brasil 61

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
14°C
82% 100% 5m/s 160deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS