Número de mortos de prédio que desabou no Grande Recife sobe para 11

Três pessoas estão desaparecidas, entre elas duas crianças

O desabamento de prédio de um conjunto residencial no município de Paulista, na região metropolitana do Recife, resultou na morte de 11 pessoas, de acordo com a última atualização do Corpo de Bombeiros, divulgada neste sábado (8).

A tragédia aconteceu na sexta-feira (7), por volta das 6h30, e os bombeiros foram acionados alguns minutos depois. O bloco que desabou é o D7 e já havia sido condenado pela Defesa Civil. O edifício faz parte Conjunto Beira Mar, um complexo de moradias populares com 1.711 unidades distribuídas em 29 blocos, sendo 20 do tipo caixão e nove com estrutura de pilotis.

A construção tem 38 anos e já apresentava rachaduras em diversas unidades, de onde as famílias haviam sido retiradas em 2013, mas acabaram retornando.

Das vítimas, dez foram resgatadas sem vida dos escombros e uma chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Entre os mortos, estão crianças de 5, 8 e 12 anos, além de um adolescente de 16 anos. Já os adultos têm idade que variam de 18 a 45 anos. Ao todo, são sete mortos do sexo masculino, três femininos e uma mulher trans.

Os trabalhos de resgate prosseguem na região, pois há três desaparecidos confirmados, sendo uma mulher e duas crianças. Outros quatro moradores do prédio, com idade entre 16 e 22 anos, foram localizados com vida fora da edificação.

Fonte: Agência Brasil

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
35°C
38% 40% 4m/s 320deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS