‘Superman: Legacy’ vai ser estrelado por David Corenswet como o herói

Rachel Brosnahan foi escalada como a nova Lois Lane. Notícia foi confirmada pelo diretor e roteirista do filme, James Gunn.

O ator americano David Corenswet é o novo Superman dos cinemas. Conhecido por sua atuação em “Pearl” (2022), ele vai interpretar o super-herói dos quadrinhos da DC em seu próximo filme, “Superman: Legacy”.

A jornalista e clássico interesse romântico do personagem, Lois Lane, vai ser vivida por Rachel Brosnahan, a protagonista da série “The marvelous mrs. Maisel”.

A escalação foi confirmada pelo diretor e roteirista do filme (e copresidente do DC Studios), James Gunn.

“Eles não são apenas atores incríveis, mas também pessoas maravilhosas”, escreveu o cineasta/executivo em seu perfil no Twitter.

Corenswet assume o papel depois de Henry Cavill, intérprete do herói desde “O Homem de Aço” (2013). Antes dele, o papel nos cinemas tinha sido de Christopher Reeve, nos primeiros filmes do personagem nos anos 1970 e 1980, e de Brandon Routh, em “Superman – O retorno” (2006).

“Superman: Legacy” vai ser responsável por lançar não apenas uma nova versão do herói nos cinemas, mas também de toda uma nova fase do recém-inaugurado DC Studios, encabeçado criativamente por Gunn.

O filme, que focará no lado mais familiar de Clark Kent/Kal-El, tem estreia prevista para 11 de julho de 2025 nos cinemas americanos.

Quem são os novos Clark Kent e Lois Lane

David Corenswet chega à estreia de ‘Como Seria se…?’, em 2022 — Foto: Chris Pizzello/AP Photo

Americano de 29 anos, Corenswet ainda não tem muitos papeis de destaque na carreira. Com o primeiro crédito em 2011, em um curta, ele se revezou entre atuações em séries como “The politician”, com Gwyneth Paltrow, e filmes como o terror “Pearl”.

Rachel Brosnahan mostra o seu Globo de Ouro de melhor atriz em série de comédia ou musical pela série ‘The Marvelous Mrs. Maisel ‘ — Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

Já Brosnahan é bem mais conhecida, apesar de ter uma trajetória parecida. Depois de anos alternando trabalhos em séries e em filmes menores, ganhou destaque (e um Emmy) como a protagonista de “The marvelous mrs. Maisel”, na qual interpreta uma dona de casa nos anos 1950 que decide virar comediante stand-up.

Curiosamente, os dois têm um crédito em comum. Ambos atuaram em “House of cards”, mas com importâncias bem diferentes. Enquanto ele esteve em apenas um episódio em 2018, ela participou de 19 capítulos nas três primeira temporadas da série (e chegou a receber uma de suas cinco indicações ao Emmy pelo trabalho).

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
29°C
45% 0% 6m/s 350deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS