Tarcísio encontrará Bolsonaro na 5ª feira para debater tributária

Governador de SP diz que vai tentar convencer o ex-presidente a apoiar o projeto, uma das bandeiras do governo Lula

O governador de São Paulo, Tarcisio de Freitas (Republicanos), confirmou nesta 4ª feira (5.jul.2023) que tentar convencer o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) a apoiar a reforma tributária, uma das principais pautas do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os 2 vão se encontrar na 5ª feira (6.jul) pela manhã.

“Vou trazer argumentos que me fizeram acreditar na reforma tributária […] Vou colocar aquilo que eu estou enxergando na reforma”, disse o governador.

Bolsonaro é contrário à reforma tributária. Disse na 3ª feira (4.jul), nas redes sociais, que a proposta da reforma tributária é “um soco no estômago dos mais pobres”. Também declarou que o PL votaria contra a proposta. O partido, no entanto, ainda não fechou questão sobre o tema.

Um dos argumentos que Tarcísio defende e deve usar é de que a tributária é fruto de um esforço da gestão do ex-presidente. As PECs (propostas de emenda a Constituição) 45 e 110, que baseiam a atual reforma, são de 2019, 1º ano de mandato do ex-chefe do Executivo.

Depois de reunião com seu partido na Câmara, o Republicanos, que fechou posição a favor da reforma, o governador de São Paulo disse que vê “um bom caminho” para a proposta ser aprovada.

“Estamos trabalhando agora para resolver a governança do Conselho Federativo. Acho que é uma questão simples de resolver. Tem o compromisso do relator [do projeto]”, afirmou. Governadores de 8 Estados sugerem votação por região e Estado no Conselho Federativo para não haver favorecimentos a umas UFs (unidades federativas) em detrimento de outras.

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
14°C
82% 75% 4m/s 160deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS