UEMS Acolhe entrega certificados a migrantes internacionais em Dourados e Campo Grande

O Programa UEMS Acolhe – Acolhimento Linguístico, Humanitário e Educacional a Migrantes Internacionais da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) entregou nesta semana os certificados dos alunos migrantes que concluíram do “Curso de Português para Migrantes Internacionais” no primeiro semestre deste ano. Cerca de 100 alunos do programa receberam o certificado de conclusão em Dourados e Campo Grande.

O UEMS Acolhe é um programa institucional da UEMS ligado à Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC), o objetivo é promover o acolhimento linguístico, humanitário e educacional dos migrantes internacionais por meio do curso de Português como Língua do Acolhimento. Atualmente o programa atende mais 300 migrantes com ajuda de voluntários e parceiros que participam ativamente das aulas.

“A UEMS cumpre um dos seus objetivos e o seu papel social através deste lindo programa. O programa UEMS Acolhe é singular na proposição de ofertar o acolhimento linguístico, humanitário e educacional, por meio de oferta de cursos, atividades e ações desenvolvidas juntos aos migrantes internacionais, promovendo dessa forma a inclusão e transformação social”, explica a pró-reitora da PROEC, Érika Kaneta Ferri.

Cerimônia de Certificação em Dourados

A cerimônia de entrega de certificados aos concluintes do “Curso de Português para Migrantes Internacionais” de Dourados ocorreu na Primeira Igreja Batista (PIB), local onde também ocorrem as aulas. 28 alunos receberam o certificado de conclusão do Módulo Acolhimento 01 e 22 receberam o certificado de conclusão do Módulo de Acolhimento 02, cada módulo possui 60 horas aula. Os voluntários e professores também receberam o certificado de participação.

Participaram da entrega dos certificados a Amélia Pereira Vondrassek, vice-presidente da Primeira Igreja Batista de Dourados; Jean Kenson Kolne, coordenador da Coordenadoria Especial dos Migrantes da Prefeitura Municipal de Dourados; Pastor Auxiliar Eugenio Luque, representante da Primeira Igreja Batista (PIB); Prof. Dr João Fábio Sanches Silva, coordenador do Programa UEMS Acolhe; e a Prof. Dra. Érika Kaneta Ferri, pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC).

 

Fatima Zahrae El Hajjari está há um ano em Dourados, veio de Marrocos e apesar de falar outros idiomas sentiu dificuldade no aprendizado do português. “Gostei muito do curso, os professores são muito bons, ensinam bem. Eu falo árabe, que é muito difícil, mas o português é muito difícil também, mesmo sabendo falar francês e inglês, não foi fácil”, conta.

O “Curso de Português para Migrantes Internacionais” recebe participantes de várias nacionalidades e um dos diferenciais é que as aulas são divididas em temas, dessa forma os alunos aprendem o português dentro de situações cotidianas, como: fazer compras, procurar emprego e também atendimento médico.

Uma das novidades do UEMS Acolhe em Dourados esse ano foi a parceria com o Projeto de Extensão do Curso de Pedagogia da UEMS/Dourados, “UEMS para Crianças”. Com apoio de acadêmicos do curso as crianças, filhos de migrantes, também receberam acolhimento linguístico, humanitário e educacional enquanto os pais se dedicavam em suas aulas.

“Com a participação dos nossos voluntários da pedagogia, os pais puderem levar as crianças, muitas vezes uma das grandes dificuldades em participar do curso é não ter onde deixar as crianças. Então isso também tem ajudado essas famílias a participarem dos nossos cursos”, acrescenta a pró-reitora Érika.

Nilexys Jose Orozco foi uma das migrantes a receber o certificado. A venezuelana conclui o Módulo de Acolhimento 01 e enquanto estava nas aulas deixava seus dois filhos com as acadêmicas do UEMS Acolhe.

“Pra mim foi uma experiência muito boa, eu não sabia muita coisa da cultura, da escrita e aprendi muito no curso. Foi muito produtivo. Eu trazia minha filha e meu filho, eles ficavam muito bem com as professoras. Isso ajuda porque se você não tem com quem deixar é difícil vir, é difícil se concentrar nas aulas também”, explica.

Cerimônia de Certificação em Campo Grande

Na noite de quarta-feira, 02 de agosto, ocorreu a formatura do UEMS Acolhe na Unidade Campo Grande. 50 formandos do Curso de Extensão “Português para Migrantes Internacionais: Módulo Acolhimento”, de quatro pólos e oito turmas receberam o certificado de conclusão do curso, além de professores e demais colaboradores voluntários.

O coordenador do Programa UEMS Acolhe, professor doutor João Fábio Sanches Silva, explica que o UEMS Acolhe “vem a cada ano se consolidando como uma força de inserção social, algo perceptível pelo aumento da quantidade de turmas formadas. E também estamos formando turmas com nível mais avançado de língua portuguesa – o módulo 2 – onde alunos do módulo 1 nos procuram para continuar o estudo da língua, o que nos motiva ainda mais para continuar o trabalho”.

Para a aluna do Módulo 1, Rosbelys Rojas, esse momento representa uma conquista, para ela que está no Brasil há poucos meses, “está sendo muito importante essa oportunidade que o programa UEMS Acolhe está me dando, porque está me ajudando a iniciar o aprendizado do Português e facilitado meu dia a dia no trabalho e na comunicação com as pessoas”.

A colaboradora do UEMS Acolhe, Sueli Reis, é professora aposentada de Geografia e atua no Programa como professora e relata com emoção que participar do UEMS Acolhe é doar-se sem esperar algo em troca. “Me sinto mais do que uma voluntária, me sinto acolhida pelos alunos e abracei mesmo o UEMS Acolhe”, conta.

A Superintendente de Políticas de Direitos Humanos, Andréa Cavararo, esteve na cerimônia representando a Secretária de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos (SEAD), Patrícia Cozzolino de Oliveira, e relatou a importância dessa parceria entre Governo de Mato Grosso do Sul e UEMS.

“Como estamos elaborando políticas públicas para os migrantes, refugiados e apátridas foi um passo importante nos unirmos ao Programa UEMS Acolhe, pois a atuação do Programa vai ao encontro do que estamos trabalhando, por isso disponibilizamos o espaço físico da CAORC/SEAD (Coordenadoria de Apoio aos Órgãos Colegiados) como um dos novos polos do UEMS Acolhe e estamos felizes com essa parceria, que acreditamos crescerá ainda mais”, acrescenta Andréa.

“O UEMS Acolhe é um presente para a UEMS, temos orgulho desse Programa que vem transformando vidas desde 2019. Estamos, junto à Assessoria de Relações Internacionais da UEMS, escrevendo um texto de internacionalização que também fala sobre a experiência do UEMS Acolhe, para que sirva de exemplo para outras universidades desenvolverem projetos como esse. Em nome da reitoria da UEMS agradecemos aos colaboradores e professores que fazem esse projeto acontecer e parabenizamos a todos os formandos por encarar essa jornada do aprendizado, estamos de portas abertas para a participação de vocês nos projetos de extensão e em nossos cursos de graduação e pós-graduação”, concluiu a vice-reitora Profa. Dra. Celi Corrêa Neres.

Novas Turmas do UEMS Acolhe começarão em setembro, com o período de inscrições iniciando a partir da segunda quinzena de agosto. Serão abertas também vagas para voluntários que desejarem atuar no programa.

Conheça mais sobre o Programa UEMS Acolhe em www.uems.br/pro-reitoria/proec/UEMS-Acolhe.

CELPE-BRAS na UEMS

Em 2023, os migrantes internacionais de MS poderão se inscrever para realizar a prova do CELPE-BRAS. O exame é destinado a estrangeiros interessados em comprovar seu nível de proficiência em língua portuguesa na variante brasileira. Interessados podem se inscrever a partir de 7 de agosto, no Sistema Celpe-Bras.

Em 2023, o exame completa 25 anos desde sua primeira aplicação. O Celpe-Bras 2023/2 acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de outubro, com a aplicação das provas escrita e oral, em postos localizados no Brasil e no exterior. Em Mato Grosso do Sul, a UEMS foi cadastrada como centro aplicador da prova, única no estado. Clique aqui e confira o edital.

Gisleine Rodrigues e Liziane Zarpelon, Comunicação UEMS
Fotos: Ascom/UEMS

Fonte: Agência de Notícia MS

 

VÍDEO
PUBLICIDADE
COLUNISTAS
PREVISÃO DO TEMPO
Campo Grande
34°C
43% 40% 5m/s 330deg
PUBLICIDADE​
APOIO
ÚLTIMAS